25/01/2017 iGUi Ecologia 0Comment

Quando pensamos em árvores na cidade o primeiro pensamento pode ser relacionado aos estragos que as árvores podem causar, como árvores que caem devido a fortes temporais ou galhos de árvores atingindo a rede elétrica. Porém um fato indiscutível é o de que a arborização urbana contribui para a melhoria do aspecto estético de ruas e praças, e isso é apenas umas das vantagens de se ter uma cidade arborizada.

Árvore e a sua sombraAlém da função paisagística, o sombreamento e o maior conforto térmico são os principais benefícios notados, principalmente por quem anda a pé. Além de evitar a insolação nas horas mais quentes do dia estudos afirmam que bairros arborizados apresentam temperaturas até 4°C menores àquelas das áreas não arborizadas. O conforto térmico também é conferido pelo aumento da umidade do ar devido à transpiração das folhas. As folhas também agem na diminuição da poluição sonora e como filtros de ar por reter materiais particulados em suspensão e também por absorver gás carbônico, através da fotossíntese.

Existem ainda inúmeros benefícios: atrair pássaros, fornecer alimento, absorver água da chuva…. Mas para isso as árvores urbanas devem ser bem escolhidas e bem cuidadas para que os possíveis prejuízos não ultrapassem os benefícios. Deve-se dar preferência para plantas nativas na seleção de espécies. Deve-se considerar também fatores como adaptabilidade, sobrevivência e desenvolvimento no local de plantio, como por exemplo não plantar árvores de grande porte próximo à fiação elétrica (sua dimensão deve ser compatível com o espaço físico), permitindo o livre trânsito de veículos e pedestres.