21/09/2015 iGUi Ecologia 0Comment

A dessalinização (processo que retira o excesso de sais minerais e outras partículas da água salgada, com a finalidade de obter água potável) já é utilizada em diversas partes do mundo e este processo podem ser realizado utilizando dois métodos: a destilação térmica e a osmose reversa.

Na primeira a água salgada é aquecida até a sua evaporação e o vapor gerado é captado por um sistema de resfriamento que, ao ser resfriado o vapor d’água se condensa retornando ao estado líquido e a água resultante fica assim livre das partículas sólidas. Já no processo de osmose reversa a água salgada é bombeada através de uma membrana semipermeável que retém os sais minerais.

Segundo a International Desalination Association (IDA) há mais de 17.000 de estações de dessalinização espalhadas pelo mundo, que juntas podem gerar cerca de 80 milhões de metros cúbicos de água potável. Embora a energia solar já esteja sendo utilizada, infelizmente para que o processo de dessalinização seja realizado ainda é utilizada uma grande quantidade de combustível fóssil, o que a longo prazo o torna pouco sustentável e ainda caro, impossibilitando assim que algumas regiões do mundo não sejam atendidas por esta alternativa.”