12/11/2015 iGUi Ecologia 0Comment

Ao longo da história os seres vivos têm se espalhado para novas regiões através de processos naturais de dispersão e migração, porém com a influência do homem, as espécies têm se movido mais rápido e para lugares mais distantes. Todas as regiões do planeta possuem espécies exóticas, na Antártica estima-se que já existam 200 espécies de plantas, animais e micróbios provenientes de outros continentes. Espécie exótica é toda espécie que se encontra fora de sua área de distribuição natural, normalmente elas não conseguem se estabelecer porque no ambiente estranho elas não conseguem suprir suas necessidades vitais. Entretanto uma porcentagem das espécies exóticas conseguem se estabelecer e são consideradas espécies exóticas invasoras, pois possuem vantagens competitivas e são favorecidas pela ausência de inimigos naturais e tem capacidade de se proliferar rapidamente e invadir ecossistemas.

Com a crescente globalização, facilidade e rapidez dos meios de locomoção, as espécies têm sido introduzidas intencional(espécies de interesse para agricultura ou para animal de estimação, por exemplo) ou não intencionalmente. Um exemplo de forma não intencional são as espécies carregadas na água de lastro dos navios. Para os navios navegarem sem carga ou com pouca carga, eles dependem do uso da água de lastro para manter a estabilidade e a integridade estrutural, essa água é capturada do mar na região onde o navio está desembarcando sua mercadoria. A água de lastro transportada é descarregada no local de destino transferindo microrganismos e espécies da fauna e da flora típicos de uma região para outra totalmente estranha.

Espécies exóticas invasoras representam uma das maiores ameaças ao meio ambiente, com enormes prejuízos à economia, à biodiversidade e aos ecossistemas naturais, além dos riscos à saúde humana. São consideradas a segunda maior causa de perda de biodiversidade, após as perda e degradação de habitats.

Nas fotos vemos exemplos de espécies exóticas invasoras no Brasil: Peixe leão, mexilhão dourado, tilápia e tigre d’água.

tilapia          peixe-leao

tigredagua             mexilhao-dourado