26/09/2017 iGUi Ecologia 0Comment

A água dos rios e dos lagos é utilizada para os mais diversos fins: abastecimento das cidades, irrigação da agricultura, pesca e etc. Mas como saber se a água está apta para o consumo? A Agência Nacional das Águas possui um índice que mensura a qualidade das águas e pode nos mostrar se água está apta para o consumo ou não. O Índice de Qualidade das Águas (IQA) foi criado em 1970, nos Estados Unidos, pela National Sanitation Foundation. A partir de 1975 começou a ser utilizado pela CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Nas décadas seguintes, outros Estados brasileiros adotaram o IQA, que hoje é o principal índice de qualidade da água utilizado no país.

O Índice de Qualidade da Água (IQA) é um indicador composto por nove parâmetros físico-químicos e biológicos:

  • Temperatura da água: Os organismos aquáticos são afetados por temperaturas fora de seus limites de tolerância térmica, o que causa impactos sobre seu crescimento e reprodução.
  • pH: O pH afeta o metabolismo de várias espécies aquáticas. A Resolução CONAMA 357 estabelece que para a proteção da vida aquática o pH deve estar entre 6 e 9.
  • Oxigênio dissolvido: vital para a preservação da vida aquática, já que vários organismos (ex: peixes) precisam de oxigênio para respirar. As águas poluídas por esgotos apresentam baixa concentração de oxigênio dissolvido pois o mesmo é consumido no processo de decomposição da matéria orgânica.teste água
  • Demanda bioquímica de oxigênio: representa a quantidade de oxigênio necessária para oxidar a matéria orgânica presente na água através da decomposição microbiana aeróbia.
  • Coliformes termotolerantes: ocorrem no trato intestinal de animais de sangue quente e são indicadoras de poluição por esgotos domésticos. Elas não são patogênicas (não causam doenças) mas sua presença em grandes números indicam a possibilidade da existência de microorganismos patogênicos.
  • Nitrogênio total: Nos corpos d’água o nitrogênio pode ocorrer nas formas de nitrogênio orgânico, amoniacal, nitrito e nitrato. Os nitratos são tóxicos aos seres humanos.
  • Fósforo total: Do mesmo modo que o nitrogênio, o fósforo é um importante nutriente para os processos biológicos e seu excesso pode causar a eutrofização das águas.
  • Sólidos totais: O resíduo total é a matéria que permanece após a evaporação, secagem ou calcinação da amostra de água durante um determinado tempo e temperatura.
  • Turbidez: A turbidez indica o grau de atenuação que um feixe de luz sofre ao atravessar a água.

O IQA varia de 0 a 100, sendo seus valores categorizados em cinco faixas de qualidade. O IQA é um indicador bastante sensível à contaminação das águas por esgotos domésticos, embora seja influenciado também por outras fontes de contaminação, além de outros fatores. A escassez hídrica, por exemplo, é fator que pode afetar negativamente os valores do IQA, uma vez que o volume de água disponível para a diluição dos poluentes é menor nesta condição.

A avaliação da qualidade da água obtida pelo IQA apresenta limitações, já que este índice não analisa vários parâmetros importantes para o abastecimento público, tais como substâncias tóxicas (ex: metais pesados, pesticidas, compostos orgânicos), protozoários patogênicos e substâncias que interferem nas propriedades organolépticas da água.