16/07/2018 iGUi Ecologia 0Comment

O lago Natron é um lago de sal e soda na região de Arusha, no norte da Tanzânia. O lago é alimentado pelo rio Ewaso Ng’iro do Sul e por fontes termais ricas em minerais. É bastante raso com menos de 3 metros de profundidade e sua largura varia, dependendo do seu nível de água. O lago tem um comprimento máximo de 57 quilômetros e 22 quilômetros de largura. E as temperaturas no lago estão frequentemente acima de 40⁰ C. Lago Natron

As suas águas apresentam um pH elevado, entre 9 e 10.5 apresentando uma cor característica de lagos com elevadas taxas de evaporação. À medida que a água evapora durante a estação seca, os níveis de salinidade aumentam até ao ponto em que os microrganismos adaptados a ambientes salinos começam a desenvolver-se. Entre estes destacam-se algumas cianobactérias, cujo pigmento vermelho dá origem aos tons de vermelho apresentados pelas águas mais profundas do lago e pelos alaranjados nas zonas mais rasas.

Flamingos no lago NatronPara a maioria dos animais a alta temperatura e salinidade do lago tornam o local inóspito (em que não se pode viver), no entanto o lago Natron abriga algumas algas endêmicas, invertebrados , peixes e aves. O lago é a área de reprodução regular para os flamingos-pequenos cujo status de “quase ameaçados” resulta da dependência desse local para reprodução. Os flamingos se alimentam das cianobactérias que estão presentes no lago, principalmente quando aumenta a salinidade. O lago é um local de reprodução seguro porque seu ambiente inóspito é uma barreira contra os predadores que tentam alcançar os ninhos.