13/05/2016 iGUi Ecologia 0Comment

Um lago pode ser definido como uma depressão natural na superfície da Terra que contém permanentemente uma quantidade variável de água ao longo do ano. Essa água pode ser proveniente da chuva, de uma nascente local ou de um curso de água, como rios e geleiras que deságuam nessa depressão. Em locais onde não existe escoamento natural da água ou onde a água se evapora rapidamente são formados os lagos salgados.

Lagos cor-de-rosa - Dusty Rose Lake
Lagos cor-de-rosa – Dusty Rose Lake

Quando pensamos em um lago, salgado ou não, sempre imaginamos que sua cor seja azul ou esverdeada, porém em pelo menos 8 lagos ao redor do mundo isso não acontece. Estamos falando dos lagos cor-de-rosa, presentes em praticamente todos os continentes. Esse é um fenômeno completamente natural, e a teoria mais aceita para sua ocorrência é a de que a presença de algumas espécies de microalgas e bactérias que vivem em locais com altos níveis de salinidade produzem um pigmento rosa. Esse, por sua vez, absorve e utiliza a luz solar para criar mais energia, deixando a água nesta coloração. Esse pigmento é o beta-

caroteno, muito utilizado na industria farmacêutica como corante alimentar e fonte de vitamina A. A única exceção é o lago Dusty Rose Lake situado na Colúmbia Britânica, no Canadá. Ele não é um lago salino e nem possui as algas e bactérias responsáveis pela coloração rosa. Em vez disso, o lago recebe o seu tom rosado das rochas que o circundam.

Extração de sal
Extração de sal

Em ambos os casos é importante lembrar que essa cor diferente não é resultado de poluição. São processos naturais que não prejudicam os seres humanos e nenhum ser vivo, o que permite que os lagos sejam pontos turísticos bastante procurados e que a única precaução seja proteger a pele do excesso de sal, no caso dos lagos salinos. Em alguns desses lagos a exploração de sal está presente desde tempos remotos e algumas pesquisas indicam que a exploração ajuda na permanência do lago. Devido à alta salinidade, a água tem tendência a evaporar mais rapidamente. A retirada regular do sal, então, torna o lago menos propenso a desaparecer.

Alguns exemplos de lagos cor-de-rosa: Lago Retba (Senegal), Dusty Rose Lake (Canadá) e Lago Hillier (Austrália).

Lagos cor-de-rosa - Lago Retba
Lagos cor-de-rosa – Lago Retba
Lagos cor-de-rosa - Lago Hiller
Lagos cor-de-rosa – Lago Hiller