07/08/2018 iGUi Ecologia 0Comment

Frequentemente quando precisamos comprar algum medicamento temos que comprar uma caixinha que contém mais comprimidos do que precisamos, então esses comprimidos sobressalentes ficam esquecidos junto com outros medicamentos até serem descartados. Na maioria das vezes o descarte não é feito corretamente e os comprimidos são jogados no lixo comum ou mesmo despejados no vaso sanitário. Será que o tratamento de água e esgoto é capaz de tirar esses medicamentos da água?

A resposta é não, estudos recentes tem detectado diversas substâncias provenientes de medicamentos nos rios e mares. Além do exemplo mencionado acima é comum que medicamentos e drogas ingeridos por nós não são completamente absorvidos e metabolizados pelo corpo humano e acabam sendo eliminados nas fezes e na urina, parcialmente destruídos nas estações de tratamento de esgoto.

Não jogue os medicamentos no vaso sanitário nem no lixo comumAté o presente momento não encontraram evidências de que esses resíduos possam causar mal aos seres humanos, mas estudo comprovam que essas substâncias estão causando impactos no meio ambiente. Descobriram que essas substâncias afetam principalmente os sistemas reprodutivos dos peixes, afetando a proporção de machos e fêmeas e até mesmo o tecido reprodutivo desses animais comprometendo a capacidade de reprodução em algumas espécies. Os antibióticos lançados na natureza podem também causar resistência em alguns animais.

A presença de drogas em nossos cursos d’água é uma questão potencialmente séria de saúde ambiental e humana. O problema pode ser minimizado com o descarte de forma correta desses medicamentos.

Procure na sua cidade pontos de coleta de medicamentos vencidos ou não mais utilizados.
Não jogue os medicamentos no vaso sanitário nem no lixo comum…
O Meio Ambiente agradece!