03/07/2018 iGUi Ecologia 0Comment

Os peixes são conhecidos principalmente por nadar na água e não saltar da água, não é mesmo? No entanto alguns peixes tendem a pular e alguns podem pular bem alto. Os peixes tendem a pular por vários motivos, o mais comum é quando o peixe está caçando ou sendo caçado. O salto é um bom mecanismo de defesa, pois o peixe que está sendo caçado pode escapar temporariamente do seu predador e confundi-lo pois o predador não vai ver para onde ele foi ou não vai conseguir prever onde ele vai cair. Peixe pulando para fora da água

Mas outros peixes como o aruanã (Scleropages formosus), por exemplo, salta da água para capturar insetos e pequenos pássaros, base da sua alimentação. Ele tem uma técnica de salto que permite realizar saltos bem altos, eles enrolam-se em forma de S antes de se endireitar rapidamente e empurrar seu corpo para o ar. Alguns cientistas acreditam que o salto pode estar relacionado ao namoro, para seduzir o sexo oposto podendo ser usados como um indicador do status de saúde ou exibição para atrair parceiros. Outra teoria é que os altos podem servir para se livrar de parasitas que vivem colados na pele dos peixes, quando o peixe pula e cai de volta na água o impacto desloca os parasitas.

Nesses casos acima os peixes saltam e voltam imediatamente para a água, mas tem algumas espécies conhecido como peixe voador (Exocoetidae) que conseguem planar quando estão fora da água. Os peixes voadores são peixes pequenos, de no máximo 45 centímetros, assim que eles saltam da água eles abrem suas nadadeiras e conseguem planar por no máximo 180 metros. Geralmente fazem isso quando estão fugindo de predadores que estão na água. Confira o vídeo abaixo e veja que os predadores nem sempre estão somente na água!