03/10/2022 iGUi Ecologia

Depois do desastre em Chernobyl, as rãs que apresentam a coloração da pele mais escuras foram favorecidas e compõem agora uma grande população na região. Após mais de 30 anos do acidente, muitas pesquisas são realizadas na região com a fauna. Em 2016, foram identificadas uma coloração enegrecida da pele dorsal de machos de rã oriental, da espécie |Hyla orientalis. A coloração da pele era mais escura nas localidades mais próximas de áreas com altos níveis de radiação no momento do acidente, enquanto os níveis atuais de radiação pareciam não influenciar a coloração da pele em pererecas de Chernobyl. As…

20/09/2022 iGUi Ecologia

Segundo a revista Fapesp, as notícias não são boas… A área dos recifes no arquipélago de Abrolhos, no litoral da Bahia, encolheu 28%, em média, nos últimos 160 anos, em consequência da extração de corais para a produção de calcário e da crescente sedimentação costeira. Os recifes de Guaratibas, a cerca de 7 quilômetros da costa, apresentaram as perdas mais altas (49%), verificou um grupo de pesquisadores coordenado pela bióloga Mariana Bender, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), após analisar cartas náuticas, relatos de naturalistas, mapas modernos e imagens de sensoriamento remoto (Perspectives in Ecology and Conservation, 29 de…

16/09/2022 iGUi Ecologia

Segundo a revista FAPESP, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo, o IG Nobel foi criado em 991, sendo considerado uma paródia bem-humorada do prêmio Nobel. O nome também é um trocadilho com a palavra em inglês ignoble (ignóbil, que causa repugnância, que ofende o sentido estético). Anualmente a revista científica Annals of Improbable Research escolhe premiar estudos inusitados que “primeiro fazem as pessoas rirem, e depois as fazem pensar”! Neste ano temos uma brasileira e seu orientador que ganharam o prêmio! A bióloga Solimary García Hernández e seu orientador de doutorado, o biólogo Glauco Machado, da…

12/09/2022 iGUi Ecologia

O caranguejo semi-terrestre, Ocypode quadrata (Fabricius, 1787), popularmente conhecido como caranguejo fantasma no mundo e maria-farinha no Brasil, é o invertebrado mais encontrado das praias arenosas da costa oeste do Atlântico. Eles são fundamentais para o ecossistema, pois é o predador de topo de cadeia em relação aos demais invertebrados. Segundo pesquisadores podem viver no máximo 4 anos os machos e 3 anos as fêmeas. Eles vivem em tocas que constroem nas praias, sendo que estas podem chegar até 1,3 metros de profundidade e podem ser fechadas por areia durante períodos muito quente. Uma curiosidade dele é que par identificar…

06/09/2022 iGUi Ecologia

Essa semana tivemos em nosso Centro de Reabilitação de Animais Selvagens (CRAS) um paciente muito ilustre, mas com um prognostico terrível. Recebemos um Mico-Leão-Dourado! Mas antes de contar sobre esse paciente, vamos falar um pouco dessa espécie, que é conhecida mundialmente! De acordo com a Associação do Mico Leão Dourado (AMLD), o primeiro registro documento do mico-leão-dourado (Leontopithecus rosalia) data de 1519, pelo aventureiro Antonio Pigafetta, cronista da histórica expedição do português Fernão de Magalhães, que fez a primeira circum-navegação do planeta. O primeiro registro formal para ciência da espécie, entretanto, ocorreu apenas em 1766. A ocorrência desse animal abrange…

29/08/2022 iGUi Ecologia

Todo mundo conhece o planeta Terra como o planeta azul! Azul porque o que mais prevalece em nossa superfície é a água, principalmente os oceanos! Mas recentemente astrônomos, Universidade de Montreal, no Canadá, descobriram o TOI-1452 b, localizado a 100 anos luz de nós, é formado exclusivamente de água. O TOI-1452 b é um exoplaneta, ou seja, é um planeta que se encontra fora do Sistema Solar, em órbita de outras estrelas, ou seja, fazem parte de outros sistemas planetários. Neste caso ele orbita duas pequenas estrelas de um sistema na constelação Draco. Segundo a Agência Espacial Norte Americana (Nasa),…

26/08/2022 iGUi Ecologia

No dia 27 de agosto é comemorado o dia mundial da limpeza urbana. Mas como está a sua cidade? Está limpa? Esta data serve para que possamos nos conscientizar sobre a importância de se manter sua cidade, sua casa, limpa! Cansamos de verificar grupos, inclusive nós, fazendo mutirões para tentar limpar as áreas em que vivemos e no final são sacos e mais sacos de lixos retirados. Além disso, diariamente essa tarefa é realizada pelos trabalhadores da limpeza urbana…mas ainda são poucos para conseguirem retirar todo o lixo. Em 2018, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e…

23/08/2022 iGUi Ecologia

As árvores de Argan (Argania spinosa)são encontradas no sudoeste de Marrocos e são fundamentais para a economia local e também para as cabras! Que literalmente, sobem na árvore para se alimentar do seu fruto. Essa árvore é conhecida como Árvore da vida pelos povos nativos do norte da África, mas precisamente no sudoeste do Marrocos. Essas árvores estão em uma área de quase 800 mil hectares e é declarada uma Reserva Internacional pela Unesco em 1999.  A árvore pode chegar até 10 metros de altura e viver cerca de 200 anos. Sua florada se dá entre maio e junho, nas…

19/08/2022 iGUi Ecologia

O Dia Mundial do Mosquito é celebrado desde 1897, quando o médico britânico Ronald Ross descobriu que são os mosquitos fêmea que transmitiam a malária (Plasmodium spp) de um humano para outro. Com essa descoberta foi possível avançar para combater a doença. Nesta data, temos a obrigação de propagar mais informações sobre esses insetos… Hoje em dias as pessoas ainda morrem de doenças transmitidas pelos insetos, como Malária, Dengue, febre amarela, Chikungunya e Zika. Muitas dessas doenças não possuem vacinas e a solução é a nossa prevenção. Existem mais de 2500 espécies de mosquitos, mas não são todos que transmitem…

15/08/2022 iGUi Ecologia

O Dia Interamericano da Qualidade do Ar foi criado com o objetivo de alertar os governos e as populações sobre os riscos à saúde diante desse vilão que somos expostos continuamente. Ele foi criado pela Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental (AIDIS) e é comemorado desde 2002… Segundo a ONU, 92% da população mundial respira um ar com qualidade inferior a recomendada, afetando a saúde de milhões todos os anos. Estudos indicam que durante a pandemia, ocorreu uma melhoria da qualidade do ar devido a redução das atividades econômicas poluidoras e a redução dos veículos nas ruas e rodovias.