20/10/2015 iGUi Ecologia 1Comment

restauração ecologicas de riosQuase todas as atividades humanas dependem da água. Nós a usamos para o lazer, produção de alimentos, transporte, agricultura entre outras atividades. Porém, grande parte dos resíduos tóxicos industriais e do esgoto doméstico são lançados diretamente na água e, sem nenhum tipo de tratamento essa poluição, além de inviabilizar a utilização da água, pode alterar todo o ecossistema aquático. A grande preocupação é que a quantidade de água no planeta é constante. A água que brota nas nascentes, que desce os rios ou cai nas chuvas, faz parte do ciclo da água e a parte disponível para o consumo é menos de 1% da água total do planeta.

Restauração de RiosPor isso, a ecologia da restauração é muito importante pois pode tornar viável a recuperação dos ecossistemas aquáticos degradados. A restauração de um ecossistema pode ser definida como “o retorno de um ecossistema às condições antes de um distúrbio” ou “o restabelecimento das funções aquáticas após um distúrbio”. A forma como a reconstrução é feita varia de local para local e da natureza da poluição, mas basicamente começa com a reconstrução das condições físicas, ajuste químico do solo e da água e manipulação biológica incluindo a reintrodução de espécies da flora e fauna nativas.

Restaurar um ecossistema aquático não é uma tarefa simples, leva bastante tempo, demanda muitos recursos financeiros e necessita de um acompanhamento a longo prazo, mas existem exemplos bem-sucedidos como a restauração do Rio Sena em Paris e do rio Isar na Alemanha.

 

  • Jocimar Cordeiro

    Tão importante quanto interessante.