12/04/2017 iGUi Ecologia 0Comment

O transporte hidroviário é o transporte de pessoas ou mercadorias, feito em meio aquático, engloba desde o transporte de pequeno porte através dos rios até o transporte de grandes quantidades de mercadorias pelo oceano. Ele pode ser dividido em:

Marítimo é o transporte que acontece sobre mares e oceanos, onde se utilizam navios para o transporte de cargas.

Fluvial é o transporte que se utiliza os rios para o transporte de cargas, geralmente feitos através de barcos;

Lacustre é quando o transporte é feito através de lagos e lagoas.Transporte de pessoas

O transporte hidroviário tem sido utilizado desde a antiguidade e uma das principais vantagens é o baixo custo que esse transporte possui. Mas a principal desvantagem é a lentidão, por isso a maioria das mercadorias transportadas são não perecíveis como carvão, areia, grãos entre outros. E essa lentidão pode ser agravada de acordo com as condições climáticas. Apesar da manutenção de uma hidrovia ser relativamente barata, a implementação de uma hidrovia pode ter custos altos, dependendo da necessidade da infraestrutura a ser construída, como barragens e correções de cursos d’água para a facilitação da circulação dos navios.

No Brasil há pouco investimento no transporte hidroviário e apesar de ter inúmeros rios navegáveis nossa rede hidroviária tem apenas 22.037 km. As principais hidrovias do país são a Amazônica com 17.651 km, Tocantins – Araguaia com 1.360 km, Paraná – Tietê com 1359 km, Paraguai com 591 km, São Francisco com 576 km e Sul com 500 km. Em relação à navegação marítima, o  Brasil possui 8,5 mil km de costa navegáveis e 34 portos públicos.