14/12/2022 iGUi Ecologia 0Comment

Às 21:54 do dia 28/02/2021 uma bola de fogo foi avistada em Winchcombe Gloucestershire, Reino Unido, sendo registrada por 16 câmeras específicas para eventos meteorológicos.

A bola de fogo também foi capturada em vários vídeos de residências próximas ao local. Mais de mil relatos de testemunhas oculares e de um estrondo sônico foram enviados para a Organização Internacional de Meteoros (IMO) e a Rede de Observação de Meteoros do Reino Unido (UKMON). Tratava-se de um meteorito.

A parte principal do meteorito recuperada pesava 319,5 g e foi descoberto no dia seguinte do na cidade de Winchcombe. A pedra caiu em uma calçada, no qual se quebrou em pequenos pedaços formando um pó preto ao redor. Tudo foi cuidadosamente coletado com auxílio de luvas de borracha e as amostras seladas em segurança em sacos de polietileno somente 12 horas após a queda, um feito para a comunidade científica.

Outras pedras foram recuperadas na área do local na semana seguinte durante uma busca organizada por membros da comunidade científica planetária do Reino Unido. A maior peça intacta do meteorito Winchcombe é uma pedra de 152,0 g encontrada em terras agrícolas no dia 6 de março de 2021.

No total, 531,5 g de material foram recuperados menos de 7 dias após a queda, quando havia neblina e orvalho no solo, mas nenhuma chuva na área.

Segundo cientistas, sua órbita pré-atmosférica e idade de exposição a raios cósmicos confirmam que chegou à Terra logo após a ejeção de um asteróide primitivo. Recuperado apenas algumas horas após a queda, a composição do meteorito Winchcombe é praticamente inalterada pelo ambiente terrestre.

Ele contém abundantes silicatos hidratados formados durante as reações fluido-rocha e matéria orgânica contendo carbono e nitrogênio, incluindo aminoácidos de proteínas solúveis. A composição isotópica de hidrogênio quase intocada do meteorito Winchcombe é comparável à hidrosfera terrestre, fornecendo mais evidências de que asteróides voláteis e ricos em carbonáceos desempenharam um papel importante na origem da água da Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *