06/09/2017 iGUi Ecologia 0Comment

Quando o tempo começa a fechar e as primeiras gotas de chuva começam a cair, nós sentimos um cheiro agradável e bem característico de chuva. Apesar de ser um fenômeno popular e ter até um nome oficial – petricor – até recentemente os cientistas não tinham certeza da origem exata desse cheiro. As primeiras descobertas foram em 1964 quando pesquisadores australianos descobriram que o “cheiro da chuva” vem, na realidade, da terra. Um dos ingredientes que exalam esse cheiro é o óleo secretado por algumas plantas durante períodos de seca. Quando a região em que essas plantas estão fica por muito tempo sem receber água, esses óleos se acumulam no solo e são liberados quando a chuva atinge o solo. É por isso que o cheiro é muito mais forte no primeiro dia de chuva depois de um longo período de seca.cheiro da chuva

Outro fator que contribui para esse cheiro é a geosmina uma substância que é produzida por um tipo específico de bactérias. Ao produzir esporos, os actinomicetos liberam a geosmina, que é lançada no ar quando começa a chover. Essa descoberta foi a mais recente, apenas em 2015 pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) com o auxílio de câmeras de alta velocidade descobriram que quando gotas se precipitam em velocidades baixas ou moderadas e atingem uma superfície porosa como a terra, pequenas bolhas de ar ficam presas nestes minúsculos poros, estas bolhas são então liberadas na superfície da água, carregando com elas elementos aromáticos do solo na forma de aerossóis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *