06/03/2020 iGUi Ecologia 0Comment

O nome Mudança Climática é o nome que se dá ao conjunto de alterações nas condições do clima da Terra. Estas variações dizem respeito a mudanças de temperatura, precipitação, nebulosidade e outros fenômenos climáticos em relação às médias históricas, podendo ser causadas por fontes naturais ou por fontes antrópicas (Homem). As causas naturais podem ser devido a radiações solares, a movimentos orbitais da Terra, El Niño e La Niña, vulcanismo entre outros e as causas antrópicas…. bem, a lista é grande, mas vamos lá: queima de combustíveis fósseis (derivados do petróleo, carvão mineral e gás natural) para geração de energia, atividades industriais e transportes; conversão do uso do solo; agropecuária; descarte de resíduos sólidos (lixo) e desmatamento.

De acordo com a WWF, os principais gases de efeito estufa são o dióxido de carbono (CO2), o metano (CH4) e o óxido nitroso. O CO2 é o gás que tem maior contribuição para o aquecimento global, pois representa mais de 70% das emissões de gases do efeito estufa e o seu tempo de permanência é de no mínimo cem anos, resultando em impactos no clima ao longo de séculos. A quantidade de metano emitida para a atmosfera é bem menor, mas seu potencial de aquecimento é vinte vezes superior ao do CO2. No caso do óxido nitroso e dos clorofluorcarbonos (CFCs), suas concentrações na atmosfera são menores, mas o seu poder de reter calor é de 310 a 7.100 vezes maior do que do que o CO2.

Esses gases na atmosfera provocam o efeito estufa, ou seja, formam uma espécie de cobertor na atmosfera, que impede que os raios solares que incidem sobre a Terra sejam emitidos de volta ao espaço, acumulando calor e provocando o aumento da temperatura na sua superfície, assim como ocorre numa estufa de plantas. O efeito estufa dentro de uma determinada faixa é de vital importância pois, sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir, pois serve para manter o planeta aquecido e, assim, garantir a manutenção da vida. Mas o que está acontecendo é que esse “calor” está aumentando muito rapidamente e o nosso planeta não está preparado para isso. Visto que os regimes de chuvas já estão sendo afetados em várias partes do mundo, provocando secas e enchentes mais intensas, assim como o aumento de ciclones e furacões.

O que estamos fazendo para evitar essa mudança climática?