25/11/2022 iGUi Ecologia 0Comment

Já imaginou fazer uma viagem de 13,5mil quilômetros?

Existe uma ave conhecida como Fuselo (Limosa lapponica) que, segundo o site Wikiaves tem o nome científico do (latim) limosus, limus = da lama, lamacento, lama; e de lapponica = referente ou originário da Lapônia, região no norte da Escandinávia, que abrange território de quatro países: Noruega, Suécia, Finlândia e Rússia. ⇒ (Pássaro) lapão da lama.

Essa ave tem 37 a 41 centímetros de comprimento e envergadura de asa entre 70 a 80 centímetros. Possui um bico bem fino e grande, o que faz com que ele consiga se alimentar dos animais que vivem dentro da “lama”….

Essa ave é conhecida por migrar longas distancias… saindo do Ártico até a Nova Zelândia, sendo que o último recorde registrado era de 11.000 km, mas ela se superou o último registro foi realizado com 13.500 km!!!

A ave ainda jovem, recebeu um GPS, e deixou o delta do Yukon-Kuskoswim, em 13 de outubro e depois de 11 dias chegou na Baia de Ansons na Tasmânia, em 24 de outubro!

Essa técnica de utilizar um GPS nas aves para estudar sua rota migratória consegue compreender todos os trajetos que elas utilizam, porém, demanda um recurso financeiro robusto e muitas vezes os pesquisadores não têm recurso.

A rota feita por essa ave passou por alguns lugares em que os pesquisadores não sabem dizer se essas aves realmente fazem essa rota ou se esse indivíduo se “perdeu” um pouco e depois encontrou o caminho certo….

Torcendo para que muitas outras aves possam ser marcadas com GPS para que possamos conhecer ainda mais as rotas migratórias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *