08/04/2019 iGUi Ecologia 0Comment

A maioria das pessoas conhecem muito bem as abelhas pelo fato delas produzirem mel, cera, própolis, pólen e a geleia real. Alimentos que muitas vezes estão inseridos na alimentação da população mundial. Mas um papel muito importante que as abelhas desempenham, e que não é enfatizado na sociedade, é o de polinização. Muitos estudos mostram que este pequeno inseto é um dos melhores e mais eficientes agentes polinizadores da natureza e por esse motivo elas são responsáveis pela reprodução e perpetuação de milhares de espécies vegetais.

No Brasil existem mais de 3 mil espécies de abelha, sendo que no mundo todo existem mais de 20 mil espécies!! Mas o uso desenfreado de agrotóxicos está colocando em risco as populações de abelhas, causando a mortalidade em massa de espécies. Muitos estudos apontam que se as abelhas forem extintas ficaremos sem alimento para a humanidade, visto que elas são as responsáveis pela perpetuação de espécies vegetais, as quais fazem parte da base da cadeia alimentar.

Com os números expressivos de mortalidade das abelhas o Brasil começou a se mobilizar em relação aos relatos de mortes e alguns pesquisadores desenvolveram a campanha “Sem abelhas, sem alimentos” cujo principal objetivo é transmitir conhecimento e conscientizar a população em relação a esse animal polinizador. Outra inciativa muito importante ocorreu há 5 anos, com a invenção do aplicativo digital para a localização do desaparecimento das abelhas. Tal aplicativo denominado “Beealert”, é a primeira plataforma digital de identificação por geolocalização das ocorrências de desaparecimento e mortes de abelhas. Ao acessar o aplicativo, o banco de dados é alimentado por apicultores, meliponicultores e pela comunidade cientifica. Essas informações são de grande importância para o monitoramento das comunidades de abelha e ainda contribuem para a fiscalização das áreas onde ocorrem as mortes em massa e consequentemente para a conservação das espécies de abelhas. Para saber mais sobre o aplicativo, acesse: https://www.semabelhasemalimento.com.br/beealert/

Além dessas iniciativas que está ocorrendo pelo Brasil, nós como cidadãos, temos o dever de prezar e lutar pelo ambiente devidamente equilibrado, mas como podemos ajudar na questão da conservação das abelhas? Mudando alguns hábitos, como por exemplo: consumir alimentos orgânicos, ter em casa algum tipo de plantas ou flores polinizadas por abelhas, e o mais importante ….não queimar áreas desocupadas e não desmatar. Se cada um fizer a sua parte, muitos lembrarão das abelhas não somente pelo doce mel e pela picada doida, mas sim por sua grande importância para o equilíbrio do ambiente. Mamangaba

Outro detalhe muito importante, você conhece o mamangaba?

São abelhas solitárias ou sociais de tamanho grande e bastante peludas, pretas e amarelas, com um zumbido alto, porém temida por nós! Muitas vezes matamos o animal por pensar que ela pode nos ferir sem motivo. Elas são polinizadoras importantes e contribuem para a manutenção de muitas espécies de plantas nativas. Elas raramente picam, a não ser que as seguremos com as mãos. São extremamente dóceis, sendo possível observá-las coletando néctar e pólen das flores. Portanto não matem e sim apreciem o animal, que apresenta um papel fundamental na natureza e por consequência, para você.