20/12/2022 iGUi Ecologia 0Comment

Bebemos água de 4,5 bilhões de anos de idade!

Muito se fala sobre a origem da água na Terra, existem teorias que explicam sua existência, porém sua idade aproximada nunca foi calculada…

Segundo os pesquisadores Cecilia Ceccarelli (da Universidade de Grenoble, França) e Fujun Du (Academia Chinesa de Ciências), o estudo da formação de estrelas e planetas é um dos campos mais recentes da astronomia. Uma das principais razões é que os primeiros sistemas planetários em formação são objetos frios que emitem fótons (partículas que compõem a luz e que transportam a energia contida nas radiações eletromagnéticas) nos comprimentos de onda do milímetro ao infravermelho, que são amplamente absorvidos pela atmosfera terrestre.

Acredita-se que a proporção de abundância de água pesada por água normal (HDO/H2O) seja um diagnóstico chave da evolução da água durante o processo de formação de estrelas e planetas e, portanto, de sua origem na Terra. A água pesada é quimicamente semelhante à água normal, H2O, porém com átomos de hidrogênio mais pesados denominados deutérios, isótopos cujos núcleos atômicos contém um nêutron além do próton encontrado em todos os átomos de hidrogênio.

Embora evidências isotópicas (ou seja, a relação HDO/H2O) sugerem que a água da Terra tem sua origem há 4,5 bilhões de anos e provavelmente foi trazida para a Terra com planetesimais, os processos exatos de como isso acontece permanecem longe de serem claros. Os planetesimais são corpos rochosos ou de gelo de 0.1-100km que supostamente se formou no início do Sistema Solar e o acúmulo deles formou os planetas.

A questão é bastante complicada porque a origem e evolução da água da Terra está inevitavelmente ligada a outros participantes importantes neste planeta, por exemplo, carbono, oxigênio molecular e o campo magnético.

Todos fazem parte da mesma história, desde a origem dos mundos até a origem da vida. Os papéis dinâmicos e químicos desempenhados pela água (e outras espécies voláteis) antes e durante a formação do planeta também requerem esclarecimentos, ou seja, como eles são importantes no auxílio ao crescimento dos planetesimais e como eles ajudam a sequestrar outras moléculas formando mantos de gelo.

Uma boa fração da água terrestre provavelmente se formou no início do nascimento do Sistema Solar, quando era uma nuvem fria de gás e poeira, congelada e conservada durante as várias etapas que levaram à formação de planetas, asteróides e cometas, e acabou sendo transmitido para a Terra nascente.

E, pensar que em tão pouco tempo conseguimos poluir boa parte dela…. precisamos refletir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *