13/09/2021 iGUi Ecologia 0Comment

O Brasil está em fase de instalação dos primeiros projetos experimentais de energia heliotérmica para iniciar as atividades nos próximos meses.

Mas o que é energia heliotérmica? Ela é conhecida internacionalmente como Concentrating solar power (CSP), no qual utiliza o calor capturado do Sol para aquecer um fluido, que por sua vez, movimenta uma turbina a vapor, produzindo eletricidade. Mas você pode pensar que isso é a mesma coisa que uma usina termelétrica, porém a CSP utiliza uma fonte 100% renovável, abundante e limpa… a irradiação solar!

Um exemplo disso é a usina CSP chamada de Cerro Dominador, situada no deserto do Atacama, no Chile. Ela ocupa 700 hectares e possui 10,6 mil heliostatos (cada um com 140 m2), que são um conjunto de espelhos que giram seguindo a trajetória do sol. O reflexo desse espelho é recebido no alto de uma torre provocando uma temperatura de 560ºC, transformando sais (fluoretos, cloreto de sódio, nitrato de sódio entre outros) em um fluido usado para produzir vapor d’água que aciona turbinas e geradores com capacidade para gerar 110 megawatts (MW). Essa usina produz energia suficiente para abastecer 380 mil residências.

No Brasil, o projeto heliotérmico está sendo desenvolvido pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp). A unidade foi projetada para gerar 0,5MW e está sendo construída junto a usina hidrelétrica Porto Primavera, no rio Paraná.

Uma grande vantagem dessas usinas é que ela armazena calor, mesmo após a incidência de sol sobre o sistema, já que o fluxo de fluido aquecido pode ser controlado de forma a permanecer movendo o gerador elétrico.

Vamos torcer para ser a primeira de muitas….

Fonte: revista Fapesp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *