20/09/2021 iGUi Ecologia 0Comment

Há algum tempo comentamos sobre o papel higiênico. Para a produção do papel higiênico, com uma tonelada de celulose são produzidos cerca de 2.090 fardos de 64 rolos de papel higiênico (133.960 rolos de 70 gramas de peso). Ou seja, cada arvore produz, em média, 100 rolos. Portanto, para termos esse papel em casa, devemos pensar em todo seu processo de fabricação. E, infelizmente, o papel higiênico é responsável por 15% de todo o desmatamento, contribuindo também para o aquecimento global.

Mas, isso é somente em relação ao papel higiênico, ainda tem os outros papeis que tem como a matéria prima as arvores….

Pensando em ajudar o meio ambiente, o grupo Italiano Ogami conseguiu fazer um papel com outra matéria prima, inimaginável, a pedra!

Mas como será o processo? O papel é feito carbonato de cálcio, mas especificamente o calcário, um subproduto. Esse carbonato vem das pedreiras e dos restos das indústrias de construção.

Com isso, há uma redução da utilização de arvores, petróleo e água. A produção não exige nenhum tipo de ácido ou cloro e gera menos gás carbônico em sua produção.

Outro ponto positivo para esse papel é que ele é biodegradável pela ação do sol num processo chamado de fotólise, no qual em 14 a 18 meses o papel se degrada. Segundo os fabricantes, o papel é mais resistente e sua consistência é mais macia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *