15/07/2019 iGUi Ecologia 0Comment

Hoje vamos falar sobre um tema um tanto quanto desagradável e contaminante! Já falamos um pouco sobre ele neste link, é só clicar e conferir:https://www.iguiecologia.com/agrotoxicos-e-o-meio-ambiente/. Vamos falar novamente sobre isso, pois as últimas novidades sobre o uso de agrotóxicos não são das melhores, pelo menos para os quesitos de saúde e meio ambiente.

Independente da forma no qual os defensivos agrícolas são usados, contaminam corpos d’água, o solo e o ar, causando danos físicos, químicos e biológicos ao meio ambiente. Essas substâncias, na maioria das vezes, são bioacumulativas, ou seja, acumulam-se nos organismos. Portanto se um animal contaminado morrer e outro se alimentar dele o contaminante passa para ele também e assim por diante.

A problemática devido ao uso dos agrotóxicos vem crescendo cada vez, porém em 2019 a situação é mais crítica, onde foram liberados 293 produtos, destes, 169 são novos, dos quais 24 são considerados “altamente tóxicos” e 49 estão dentro da escala dos “extremamente tóxicos”.

Além disso, agrotóxicos proibidos há 15 anos na União Europeia foram liberados no Brasil, trazendo mais preocupações aos especialistas no que diz respeito à saúde e meio ambiente. O Brasil é considerado o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. E o ritmo de liberação de agrotóxicos em 2019 é o maior já registrado! Infelizmente trocar por produtos da agricultura orgânica não vai solucionar, esta alternativa não é a mais barata e não existe produção em massa na agricultura orgânica.

O dever da sociedade é fazer pressão nas cobranças para que essa realidade mude! Só assim chegaremos mais perto de uma agricultura verdadeiramente sustentável, que será capaz de garantir a segurança alimentar, a saúde e a preservação do meio ambiente!

Vamos juntos, é nossa responsabilidade!

Vídeo do youtube: