29/11/2021 iGUi Ecologia 0Comment

Se você acha que sabemos todos os animais que existem na Floresta Amazônica, você está completamente errado. Ainda existem muitos animais que devemos descobrir, muitas espécies novas.

A Amazônia possui a mais rica fauna de primatas do mundo. Sim superamos a África! Porém, conforme dito acima, sua distribuição, sua diversidade são pouco conhecidas e isso é um obstáculo para sua conservação e preservação.

Se estudar esses animais em um ambiente preservado é uma tarefa difícil, imagina na região que desmatamento da Amazônia? A borda sul do bioma da Amazônia, em Mato Grosso, possui 2.500 km de extensão, no qual está sendo desmatada rapidamente para se tornar pasto ou produção agrícola.

Os saguis amazônicos do gênero Mico são endêmicos dessa região do Mato Grosso e pouco conhecidos. Deste modo, ele é extremamente importante para pesquisas e para esforços de preservação e conservação.

A espécie Sagui-de-Schneider (Mico schneideri) foi descoberta entre espécimes previamente identificados como Mico emiliae através de abordagens de taxonomia integrativa (propõe o uso de diferentes fontes de evidência para delimitar espécies de um modo mais acurado), por análises de dados morfológicos (configuração e da estrutura externa de um ser vivo) e de distribuição geográfica. A análise filogenômica, que consiste na intersecção dos campos da evolução e da genômica, também foi utilizada. Ela se refere à análise que envolve dados do genoma e reconstruções evolutivas.

Essa nova espécie foi descoberta neste ano e foi batizada em homenagem ao Professor Horácio Schneider, pioneiro e importante contribuidor na pesquisa da diversidade e evolução dos primatas. Atualmente, não há uma resposta conservacionista em relação as perdas de habitat desses animais assim como a diminuição populacional em que são submetidos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *