11/10/2019 iGUi Ecologia 0Comment

Você sabia que o Brasil é considerado o país mais rico em biodiversidade do mundo? O nosso país está no topo da lista dos 18 países mais diversos do mundo, aqui é abrigado entre 15% e 20% da diversidade biológica global, com mais de 120 mil espécies de invertebrados, cerca de 9 mil vertebrados e mais de 4 mil espécies de plantas. Além disso, a cada ano os cientistas descobrem e adicionam dezenas de espécies novas a lista brasileira. diversidade biológica

Alguns pesquisadores estimam que o número conhecido de plantas e animais no Brasil é em torno de apenas 60%, ou seja, ainda tem muita biodiversidade desconhecida em nosso território…

Você deve estar se perguntando como acontece o armazenamento dos dados de espécies já conhecidas com as que estão sendo descobertas. O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações criou uma iniciativa, com apoio da ONU Meio Ambiente e do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF), de um Projeto Sistema de Informação sobre Biodiversidade, que vem sendo modificado em prol a compilação efetivas dos dados para facilitar o acesso aos dados, tornando essa ferramenta mais abrangente sobre a biodiversidade nacional.

diversidade biológica

Tal ferramenta é muito importante para o uso sustentável de recursos naturais, pois com o monitoramento de ganhos e perdas da biodiversidade e com esforços de conservação, é possível conhecer e entender os recursos, o que é fundamental para as gerações presentes e futuras do país. Essa base de dados existe desde 2014, mas agora passou por uma adaptação que foi baseada na infraestrutura da Plataforma ALA (Atlas o Living Australia), tornando a ferramenta mais funcional, facilitando a alimentação, integração e visualização dos dados e informações sobre a biodiversidade e ainda favorece o compartilhamento de informações entre o Brasil e outros países.

SiBBRO Atlas do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBR) é uma plataforma online que integra dados sobre a biodiversidade e os ecossistemas, provenientes de fontes diversas do Brasil e do exterior. Neste banco de dados apresenta informações de 160 mil espécies, com um número total de registros de ocorrência de cerca de 15 milhões. Para acessar é clicar: https://www.sibbr.gov.br .

De acordo com a representante da ONU Meio Ambiente, Denise Hamu, “O Brasil é um país mega diverso, com o maior estoque de biodiversidade do planeta. Nesta riqueza natural encontramos as soluções baseadas na natureza que contribuem para regulação climática, hídrica, fertilidade dos solos, segurança alimentar, medicamentos, cosméticos, bem como possibilitam inovações para o desenvolvimento econômico. Dada esta grande riqueza da biodiversidade brasileira, e para conservar este ativo ambiental e utilizá-lo de forma sustentável, é preciso conhecer, registrar e divulgar as informações existentes”.

diversidade biológica

Graças ao Sistema Brasileiro de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira é possível realizar e utilizar as informações da nossa biodiversidade e seus recursos de maneira acessíveis, sem custos para a sociedade. Além disso a ferramenta é essencial nas pesquisas acadêmicas e na gestão ambiental, visto que ao disponibilizar um amplo conjunto de dados das espécies brasileiras possibilita cruzamentos diversos com estudos especializados. Atualmente é possível acessar dados e informações de mais de 230 instituições, de universidades a centros de pesquisa, museus, órgãos estaduais, jardins botânicos e zoológicos.

diversidade biológica

Além de ser muito importante para a biodiversidade e pesquisa o sistema também tem outros usos práticos, como por exemplo, os agricultores podem usar a plataforma para ajudar a calcular os créditos de compensação ambiental ou para decidir sobre quais espécies devem priorizar os esforços de restauração, como a flora em extinção, ou plantas que fornecem abrigo e alimento para espécies ameaçadas da vida selvagem na região. É uma ferramenta sustentável, unindo a produção com o meio ambiente!

Qualquer cidadão pode contribuir com o sistema enviando fotografias, documentação e informações sobre a biodiversidade por meio do programa Ciência Cidadã. Entrando no site você encontra essa opção na página inicial, confira https://www.sibbr.gov.br .