13/10/2020 iGUi Ecologia 0Comment

Quer saber como estão nossos recursos hídricos? Existem uma ferramenta integrante do sistema nacional de informações sobre recursos hídricos (SNIRH) chamada de portal HidroWeb. Neste portal podemos ter acesso a todas as informações coletadas pela rede hidrometeorologica nacional (RHN), com dados sobre níveis fluviais, vazões, chuvas, climatologia, qualidade de água e sedimentos. É um portal fundamental para a sociedade e instituições pública e privadas pois apresenta informações que possibilitam uma melhor gestão dos recursos hídricos. A RHN abriga 4.641 pontos de monitoramento no país divididos em estações que monitoram parâmetros relacionados aos rios (1.874), como níveis, vazões, qualidade da água e transporte de sedimentos, e outros que monitoram principalmente as chuvas (2.767).

Os registros diários são realizados pelos observadores e as medições feitas em campo pelos técnicos em hidrologia e engenheiros hidrólogos. Deste modo, é possível acompanhar a ocorrência de eventos hidrológicos considerados críticos, inundações e secas, e planejar medidas de mitigação (remediação) dos impactos decorrentes desses eventos.

Além disso, o projeto Google Earth na Sala de Aula criou ainda um mapa em Google Maps com a rede fluvial do Brasil. Este mapa possui 10 camadas de dados, abrangendo: rios maiores, rios, ribeiros e riachos. Deste modo, é possível com essa ferramenta pesquisar, identificar e consultar mais de 1.4000 cursos de água do Brasil!

O monitoramento das águas no Brasil remonta ao século 19, havendo registros de estações na base da Agência Nacional de Águas (ANA) desde o ano de 1855 (estação pluviométrica Morro Velho, em Minas Gerais). Entre 1900 e 1920, o governo federal incorpora o monitoramento como serviço público federal e cria instituições para abrigá-lo. Desde então, a Rede foi coordenada por entidades ligadas ao setor elétrico, passando à responsabilidade da ANA em 2000, pela Lei Federal nº 9.984/2000.

Os dados podem ser acompanhados pelos sites:

http://www.snirh.gov.br/hidrotelemetria

http://www.snirh.gov.br/hidroweb/apresentacao

http://bit.ly/2WryQar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *