01/04/2019 iGUi Ecologia 0Comment

Vamos falar um pouco sobre um coral que afeta negativamente o ecossistema do litoral brasileiro. Este organismo que assusta muitos pesquisadores e ameaça a biodiversidade nativa do Brasil é o Coral Sol (Tubastraea spp.).

Exemplares deste Coral foram avistados nos mares do Brasil, pela primeira vez, ao final dos anos 1980. Estudos mostram que a invasão dessa espécie ocorreu de maneira indireta pelos navios em plataformas de petróleo, e tudo indica que esses corais estavam incrustados nos cascos de navios. Este lindo e temido coral é originário do Indo-Pacífico, e como este coral não faz parte da biodiversidade do oceano brasileiro, ele é considerado uma espécie invasora, ou espécie exótica, o que traz muitos danos ao meio ambiente marinho. (Para saber mais sobre espécies invasoras acesse o link: https://www.iguiecologia.com/especies-invasoras/ ).

O principal dano ao ambiente marinho causado pelo coral sol, tem relação nas vantagens competitivas sobre espécies nativas, como por exemplo a ausência de predadores ou inimigos naturais, tornando mais fácil de se proliferar no ambiente. Outro fator positivo para a sua proliferação é a sua reprodução, que pode ser tanto sexuada como assexuada, dando origem aos pólipos, que se dividem e fazem com que as colônias se formem por clones.
Geralmente, a espécie se prolifera tão rápido que acaba sufocando a existência de espécies nativas, causando além do desequilíbrio ecológico, um grande impacto sobre as comunidades litorâneas. Esse impacto pode ser tanto no âmbito econômico como social, uma vez que a presença do coral diminui a biodiversidade causando declínio nos recursos vivos marinhos assim como reflexo na perda de empregos, como por exemplo a pesca.

Vale lembrar que a espécie pode se proliferar também pelas correntes marinhas carregadas pelas larvas do coral, que vão reiniciar o processo de invasão onde encontrarem melhores condições de vida. Nos costões rochosos na Flórida, Golfo do México e Caribe são outros locais que estão sofrendo com invasão da espécie exótica.

No Brasil existem cientistas que estão fazendo muitas pesquisas para a erradicação da espécie, o Instituto Brasileiro de Biodiversidade (BrBio) desenvolve ações de monitoramento da espécie invasora, o manejo e recuperação ambiental da região e pesquisas sobre o tema. O Instituto retira o coral-sol dos costões rochosos, preservando e recuperando a região e encaminha os esqueletos ao desenvolvimento de produtos para farmacologia, biotecnologia, agricultura e para artesanato! Sensacional o trabalho realizado e o destino dado para essa espécie!
Veja na foto como a espécie possui uma beleza incrível, até porque é um organismo vivo, mas esta beleza está esvaziando nossos mares, vamos agir enquanto é tempo!

Vale lembrar que as medidas recomendadas pelo MMA (ministério do Meio Ambiente) em relação a qualquer espécie exótica é a erradicação das mesmas, somente assim será possível conservar as espécies nativas do local.
O Brasil assumiu duas metas internacionais relativas ao tema de espécies exóticas invasoras:

Meta de Aichi 9 – Até 2020, espécies exóticas invasoras e seus vetores terão sido identificadas e priorizadas, espécies prioritárias terão sido controladas ou erradicadas, e medidas de controle de vetores terão sido tomadas para impedir sua introdução e estabelecimento. https://www.cbd.int/sp/targets/

Meta 15.8 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – Até 2020, implementar medidas para evitar a introdução e reduzir significativamente o impacto de espécies exóticas invasoras em ecossistemas terrestres e aquáticos, e controlar ou erradicar as espécies prioritárias. https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030
Além disso, não podemos esquecer de outras causas diretas de perda da biodiversidade e extinção das espécies como: mudanças climáticas, sobre-exploração de pesca e poluição!!

Caso você nunca tenha ouvido falar em corais sugiro a leitura dos links:
https://www.iguiecologia.com/entrevista-como-pesquisador-dr-guilherme-longo/
https://www.iguiecologia.com/protetor-solar-afeta-recifes-de-corais/

Video sobre Coral-Sol no youtube:

PARA SABER MAIS:
Projeto Coral-Sol | coralsol.org
Instituto Chico Mendes de Biodiversidade | icmbio.gov.br