23/08/2019 iGUi Ecologia 0Comment

Eu sempre tive muito receio em adquirir uma máquina de café expresso por cápsulas. Pois a princípio, leigamente, eu a considerava prejudicial para a natureza, sendo mais um produto que se transformaria em lixo. Deste modo, resolvi entender mais do assunto e verificar como realmente todo o processo é realizado e, principalmente, a destinação final das cápsulas. Nossa entrevistada, desta vez, é a Lisa Lieberbaum, coordenadora de sustentabilidade da Nespresso no Brasil, que nos concedeu uma entrevista muito transparente e interessante, relatando todo o processo com suas vitórias, suas metas e muito trabalho pela frente.

  1. Do que são feitas as cápsulas de café? São semelhantes as latas de refrigerantes?

    Desde que a empresa foi fundada as cápsulas são feitas de alumínio, por dois motivos principais: primeiro ele é o material que melhor protege o alimento do oxigênio, da temperatura, da luminosidade, conseguindo manter o frescor deles por mais tempo e, segundo por ser um material totalmente reciclável. A diferença com as latas de refrigerante é que as “ligas” são diferentes, o que permite diferentes espessuras e maleabilidade do produto.

    Reciclado Nespresso

  2. Existe algum programa/campanha da Nespresso para receber de volta essas capsulas utilizadas?

    E como deve ser realizado o envio?A principal forma de comunicação é realizada em nossas lojas e através da internet, pois não vendemos os nossos produtos em outros lugares. Assim, conseguimos um contato mais direto com o nosso consumidor. E, recentemente lançamos um vídeo explicativo. (abaixo)

    Os especialistas em café, em nossas lojas, abordam o tema da reciclagem com os nossos clientes para oferecer todas as informações necessárias para proceder com o nosso programa. Se o consumidor já conhece, o especialista fornece a sacola própria para reciclagem das capsulas, se não conhece ele explica todo o programa de reciclagem, sobretudo para não lavar as capsulas pois em nosso centro de reciclagem em Osasco/SP, retiramos o café mecanicamente, não utilizamos água. O café vai para a compostagem na forma de adubo e o alumínio vai para outra empresa de reciclagem para ser utilizado em um outro produto. Temos visitas monitoradas em nosso sistema de reciclagem que acontece sempre de quarta-feira.

    Reciclado Nespresso

  3. Para quem mora longe é possível enviar as cápsulas utilizadas pelos correios?

    Ainda não temos esse serviço, estamos em análise! Mas, possuímos uma meta global até 2020, no qual gostaríamos que 100% dos nossos consumidores tenham acesso para a reciclagem das cápsulas. Seja por correios, por pontos de coleta ou por cooperativas. Atualmente 81% dos nossos consumidores estão próximos ao um ponto de coleta. Isso é verificado pelo cruzamento dos CEPs (endereço do cliente e endereço dos pontos de coleta). Para quem não tem acesso aos pontos de coleta a orientação é enviar as capsulas para uma cooperativa de reciclagem de sua confiança.

    Reciclado Nespresso

  4. A Nespresso tem uma estimativa de quanto é reciclado?

    Temos controle do recebimento das cápsulas entregues nas boutiques/lojas, pois todos os dias recebemos um relatório de volume por local. Os dados são sempre divulgados em percentual. A taxa efetiva de reciclagem de cápsulas da Nespresso é de 22% em 2019 até o mês vigente. É um número que está crescendo de maneira acelerada, pois o ano de 2018 foi fechado com uma margem de 17%, em 2017 em 13,5% e em 2016 em 8,6%.

    Reciclado Nespresso

  5. Você acredita que isso seja decorrente do quê? Das campanhas da Nespresso ou da conscientização das pessoas?

    Eu acredito que seja uma combinação. Temos visto que as pessoas têm se importado mais e nos questionado mais e nós também estamos falando mais, divulgando mais. Pois muitas pessoas ainda não sabem que nossas capsulas são recicláveis então estamos em um esforço grande para mostrar essa reciclagem.

    Existem estudos que fazem uma comparação do impacto ambiental do uso de capsula (alumínio) com o café tradicional (coado e moído), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) estima que 30 a 50% dos alimentos são desperdiçados e, com o café essa estimativa é maior. Muitas vezes desperdiçamos o café coado (água e café) e na capsula o desperdício é menor pois temos a quantidade exata de grama de café para uma determinada porção. Você utiliza uma quantidade exata de água e dentro de uma energia já estabelecida, em uma dose única, na qual você muito provavelmente não vai desperdiçar, pois vai tomar toda a xícara. Portanto quando comparamos os dois processos verificamos que o impacto ambiental do café em cápsula é menor.

  6. A Nespresso pensa em produzir café de uma maneira mais sustentável?

    Procura utilizar selos verdes?Para uma melhor contextualização, a reciclagem é um dos nossos pilares da nossa estratégia de sustentabilidade, no qual chamamos de “positive cup” (xícara positiva), no qual cada xícara de café Nespresso tenha um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Essa estratégia visa três principais pilares: o alumínio, o impacto no clima (fazemos nosso cálculo da Pegada do Carbono, com metas de redução e neutralização da pegada por meio de plantio de arvores) e a aquisição do café. Então temos metas para 2020 para cada pilar, sendo que para o café gostaríamos que 100% do café seja adquirido de maneira sustentável.

    Firmamos em 2003 uma parceria com uma das principais ONGs certificadoras agrícolas do mundo e junto com eles, lançamos o Programa Nespresso AAA de Qualidade Sustentável, que possui mais de 200 critérios no qual os produtores de café são avaliados, divididos em três principais categorias: qualidade, sustentabilidade e produtividade. Existem critérios mandatórios, ou seja, os produtores precisam seguir para que possam vender para a Nespresso. E, existem os critérios de desenvolvimento, sendo que neste, possuímos agrônomos que realizam esse trabalho de campo. No Brasil existem agrônomos fornecendo assistência técnica junto aos produtores da Nespresso e, com base nos 200 critérios elaboram um plano de ação para sempre promover a melhoria junto com os produtores.

    No Brasil possuímos 1.200 fazendas e já atingimos a nossa meta, todas são verificadas junto com os agrônomos, além disso, recomendamos que todas elas busquem uma certificação independente, como a Rainforest Alliance, no qual o custo da aquisição é por conta da Nespresso. Atualmente 56% do café que compramos vem de fazendas já certificadas pela Rainforest Alliance. As caixas que vendemos os cafés já possuem o símbolo deste certificado, reparem! Nossa meta é que esse número cresça ainda mais.

Seguem abaixo alguns vídeos para uma melhor visualização da Positive Cup (Xícara positiva):