08/11/2018 iGUi Ecologia 0Comment

Quando pensamos em um peixe vem à nossa mente o formato mais comum é de um peixe com corpo fusiforme e nadadeiras. Embora esse seja o formato mais comum existem alguns peixes que não se parecem de jeito nenhum com um peixe, vamos listar alguns:

Cavalo MarinhoOs cavalos-marinhos (Hippocampus sp) tem uma cabeça alongada, com filamentos que lembram a crina de um cavalo e exibem mimetismo semelhante ao do camaleão, podendo mudar de cor e mexer os olhos independentemente um do outro. Não menos estranho entre os peixes é a forma como se desloca, na vertical e, na reprodução é o macho quem “engravida” e fica responsável pela incubação dos ovos. É encontrado em praticamente todos os oceanos e está particularmente difundido nas águas tropicais pouco profundas (entre 8 a 45 metros de profundidade). Podem ser vistos com frequência em recifes de coral e em superfícies oceânicas povoadas por algas.

Peixe BolhaO peixe-bolha (Psychrolutes marcidus) já foi considerado o peixe mais feio do mundo. É um peixe de alto mar e habita as águas profundas ao largo das costas do continente da Austrália, Nova Zelândia e Tasmânia. Esses peixes não têm nenhuma massa muscular, o que os torna menos densos que as águas profundas que habitam e, portanto, capazes de sobreviver às esmagadoras pressões do fundo do mar. Como ele não tem músculo eles não conseguem ir atrás da comida e ficam parados esperando pela comida…..eles se alimentam de caranguejos, moluscos e outros animais que passarem por eles no fundo do mar.

Peixe serraO peixe-serra (Pristis pectinata) tem esse nome devido a sua principal característica, a maxila muito alongada, com dentes iguais colocados regularmente nas bordas exteriores. Os peixes-serra são encontrados em áreas costeiras tropicais e sub-tropicais de todos os oceanos. São encontrados também nas baías e nos estuários.

Vivem no fundo do mar e alimentam-se de pequenos peixes e crustáceos. https://www.youtube.com/watch?v=03oV5iMFH5o

ArraiaA arraia, ou raia (Dasyatis sabina), é um peixe que tem o corpo grande e achatado, com nadadeiras que parecem asas. As arraias costumam ficar parcialmente enterradas na areia ou no lodo no fundo do mar. Alimentam-se de pequenos peixes, crustáceos e camarões. Quando a presa se aproxima, a arraia emerge rapidamente da areia e a abocanha. https://youtu.be/Nbuu1Fa-c1k

Portanto, as aparências enganam!!!