05/11/2018 iGUi Ecologia 0Comment

O Relatório do Planeta Vivo documenta o estado do planeta, incluindo a biodiversidade, os ecossistemas e a demanda por recursos naturais – e o que isso significa para os seres humanos e a vida selvagem. Publicado pelo WWF a cada dois anos, o relatório reúne uma variedade de pesquisas para fornecer uma visão abrangente da saúde da Terra. E, infelizmente, as notícias não são nada boas. Estamos empurrando nosso planeta para o limite. A atividade humana – como nos alimentamos, abastecemos e financiamos nossas vidas – está causando um impacto sem precedentes sobre a vida selvagem, os lugares selvagens e os recursos naturais dos quais precisamos para sobreviver. Orangotango

Os principais destaques do relatório mostraram um surpreendente declínio de 60% no tamanho das populações de mamíferos, aves, peixes, répteis e anfíbios em pouco mais de 40 anos. Estima-se que a Terra tenha perdido cerca de metade de seus corais de águas rasas nos últimos 30 anos e um quinto da Amazônia desapareceu em apenas 50 anos. As principais ameaças às espécies identificadas estão diretamente relacionadas às atividades humanas, incluindo perda e degradação de habitat e uso excessivo de vida selvagem, como sobrepesca e caça excessiva.

Urso PolarO relatório apresenta uma imagem preocupante do impacto que a atividade humana tem sobre a vida selvagem, as florestas, os oceanos, os rios e o clima do mundo. Bem como a necessidade urgente de todos de repensar e redefinir coletivamente a forma como valorizamos, protegemos e restauramos a natureza.

Faça você uma leitura deste relatório e analise! Faça o download aqui…